Tribuna da Bola

Guilherme Cerra se reinventa na quarentena criando um curta metragem

O jovem talentoso ator e fotográfo Guilherme Cerra, vem ganhando cada vez mais destaque no mercado nacional e faz muito sucesso nas redes sociais com mais de 74 mil seguidores.

Durante essa quarentena, o carioca, de apenas 20 anos, se reinventou criando um curta metragem chamado “A Arte Entre Nós”, sendo ele o único elenco do filme, que retrata a importancia da arte no dia-a-dia e sua função como parte para o autoconhecimento. Na sinopse do filme, conta sobre um adolescente que usa a arte em forma de autoconhecimento e superação no meio da quarentena.

Guilherme, carioca, de apenas 20 anos, iniciou sua carreira em 2015 no teatro municipal de Itaguaí com a professora Renata Miryanova. Em 2017 realizou a sua primeira peça “O auto da Compadecida” também no teatro municipal de Itaguaí, com a direção de Ícaro Ribeiro. Em 2019 realizou uma peça na Escola Estadual Sandra Roldan Barboza com o tema “homofobia nas ruas”, com a direção de João Pedro dos Santos Duarte.

No final de 2019 entrou para o grupo de teatro “Pipa”. Em 2020 realizou um curso na oficina com o diretor e ator Luiz Antônio Rocha, de alta performance para atores em tv e cinema. Além de tudo isso, Guilherme também participou do curso da Tecnica da Ivana chubbuck do livro “O poder do ator”, com direção Bruna Fachetti. Participou do documentário “Quando as Paredes Falam” dirigido pelo ator e cineasta Edson Ferreira, que aborda como a sociedade tem lidado com a quarentena. E fez um curta metragem para um festival em referência a Arte.

Para acompanhar mais sobre Guilherme Cerra basta seguir seu Instagram oficial @guilhermecerra.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *